Volta ao País Basco sem portugueses pela primeira vez em 20 anos

CICLISMO 05-04-21 8:16
Por Fernando Emílio

Uma Volta ao País Basco sem portugueses é algo incomum, mas é o que acontecerá, a partir desta segunda-feira, na edição de 2021, estreada com um contrarrelógio individual de 13,9 km.

Desde 1971, total de 80 corredores nacionais participaram na corrida basca, tendo Joaquim Agostinho, a correr pela Teka, sido terceiro em 1976, atrás do italiano Gianbattista Baronchelli (Scic) e do espanhol Javier Elorriaga (Super-Ser).

Em 1975, Fernando Ferreira, do Sporting, ganhou a 3.ª etapa e José Martins, da Coelima, foi o 5.º classificado. A corrida deste ano, com 6 etapas e 797,7 quilómetros, junta algumas das figuras que estarão na Volta à França, incluindo Tadej Pogaçar, Primoz Roglic, Adam Yates, Carapaz, Mollema, Izagirre, Landa, Valverde, Mas, Higuita, Geoghegan, Chaves, Carthy e Uran.

A par das 19 equipas WorldTeams, foram convidadas Total Direct Energie, Burgos-BH, Caja Rural-Seguros RGA, Kern Pharma e Euskaltel-Euskadi.