Rúben Amorim e Pedro Gonçalves livres para o dérbi

SPORTING 26-01-21 9:8
Por Rui Baioneta

Foi conhecida a decisão do CD da FPF em relação às expulsões de Rúben Amorim e Pedro Gonçalves na final da Taça da Liga (Hugo Viana também foi sancionado), assim como de Carlos Carvalhal, treinador do SC Braga.

O técnico leonino foi punido com uma multa de 1020 euros, o jogador com um jogo de suspensão e 1530 euros - Hugo Viana foi multado em 612 euros e o relatório do árbitro explica o motivo: «Teve um comportamento irresponsável. Até este momento do jogo não esteve presente no banco dos técnicos, inesperadamente apareceu junto ao banco do Braga confrontando o delegado desta equipa, existindo a necessidade do 4.º árbitro se meter entre eles. Trocaram palavras de forma agressiva não sendo as mesmas percetíveis à equipa de arbitragem. Quando o árbitro se dirigiu para o expulsar e exibir o cartão, já tinha ido para o túnel.»

Já a expulsão de Pedro Gonçalves deveu-se a «injúrias e ofensas à reputação». «Após o arbitro assinalar uma falta virou-se para este e disse ‘és uma vergonha, não apitas nada’. Após ter sido expulso passou junto ao banco do Braga e proferiu umas palavras impercetíveis à equipa de arbitragem, provocando uma reação do banco do Braga», avança o relatório do árbitro.

Leia o artigo completo na edição impressa ou digital de A BOLA