DGS afiança que números do Boletim são «oficiais» e alerta para dados falsos nas redes sociais

COVID-19 21-01-21 11:52
Por Redação

Na quarta-feira de manhã começaram a circular números que constariam no Boletim Epidemiológico da Direção-Geral de Saúde (DGS) que costuma ser revelado à tarde, com o balanço de 24 horas relativo à Covid-19.

Se o de casos positivos bateu certo, 14.647, o de mortos nem por isso: garantia-se que o número de vítimas mortais seria perto dos 300 (290), mas o boletim revelou 219. 

Até Marcelo Rebelo de Sousa referiu o número mais alto ao falar com jornalistas ao final da tarde. 

Esta quinta-feira a DGS emitiu um esclarecimento:

«Os números que estão a circular nas redes sociais relativamente aos casos de COVID-19 em Portugal são falsos. A informação oficial é a que consta no boletim da DGS, que será divulgado ao início da tarde, como habitualmente, após um processo aprofundado de verificação.»