O ‘pormenor’ em que ninguém pensou na «batalha» de Londres, nem Mourinho

TOTTENHAM 12-07-20 7:18
Por Redação

O Tottenham levou a melhor no dérbi com o Arsenal, por 2-1. Desfecho que José Mourinho atribui, em grande parte, ao compromisso e espírito de sacrifício dos seus jogadores. Os quais, salienta, até entraram em campo em desvantagem em relação aos rivais do norte de Londres.

Porquê? Porque o Arsenal jogou na passada terça-feira (1-1 com o Leicester), enquanto o Tottenham mediu forças com o Bournemouth (0-0) dois dias depois, na quinta-feira.

«Durante o jogo ninguém pensou nisso, nem eu, mas o Arsenal teve mais 48 horas de descanso do que nós. Foi difícil, mas o esforço dos jogadores nesta batalha veio do coração», enalteceu o treinador português, na Sky Sports.

«Mesmos nos últimos minutos, depois de termos feito o 2-1, não tivemos problemas. Esteve sempre tudo sob controlo, por isso estamos felizes», congratulou-se, concluindo: «Estamos felizes porque contribuímos para a felicidade dos nossos adeptos, e estamos felizes porque continuamos na luta por um lugar na Liga Europa.»