«Se houver a sensação que um adversário é mais fácil que outro metem-nos quatro golos»

VITÓRIA DE SETÚBAL 13-02-20 3:54
Por Ana Soares

Julio Velázquez voltou a pedir concentração máxima para a receção ao Gil Vicente, esta sexta-feira, que vai abrir a jornada 21.

O treinador espanhol sublinhou mais uma vez que orienta uma equipa «humilde mas ambiciosa», e que deve estar concentrada a cada momento de jogo, lembrando-se, pois, do empate concedido frente ao Moreirense já aos 90+4, deixando dois pontos em Moreira de Cónegos.

«Nos últimos seis jogos fizemos apenas dois jogos em casa, e foram com Sporting e FC Porto; fora de casa, em nove pontos possíveis, ganhámos sete. Para uma equipa com o nosso perfil, que tem o objetivo da manutenção, é muito bom. Porém, temos de continuar a ter os pés no chão», analisou, não querendo considerar a receção aos de Barcelos como mais acessível do que as duas anteriores.

«Se pensarmos assim, que é mais fácil, estamos ´mortos´. Se houver a sensação que um adversário é mais fácil que outro, porque vem o Gil Vicente e não o FC Porto,metem-nos quatro golos em 10 minutos!»