Jhonatan tem época em risco após nova operação

VITÓRIA DE GUIMARÃES 12-09-19 8:17
Por Nuno Vieira

O azar bateu à porta de Jhonatan quando ainda vestia a camisola do Moreirense e parece não o largar com a mudança para o Vitória de Guimarães. Submetido a uma intervenção cirúrgica devido à fratura no cúbito que sofreu durante o jogo da sua anterior equipa frente ao Marítimo, no Funchal, o guarda-redes foi na semana passada sujeito a nova cirurgia, que visa acelerar a recuperação de uma lesão que o atleta já sabia que iria ser impeditiva durante largos meses.

Aquele jogo de março, em concreto o choque involuntário com o então companheiro de equipa Ivanildo Fernandes, conduziu-o ao Hospital Nélio Mendonça onde fez os primeiros exames. Confirmada a fratura no osso do braço esquerdo, Jhonatan foi depois operado e estava a cumprir o programa de reabilitação inicialmente estabelecido.

No entanto, houve necessidade de realizar um enxerto para reforçar a pele da zona afetada, um procedimento comum na especialidade de ortopedia. Salvaguardando a dificuldade de previsão num caso destes, ainda para mais tratando-se de uma lesão num braço de um guarda-redes, o novo período de recuperação pode prolongar-se por um período nunca inferior a quatro meses, o que significa que Jhonatan, eventualmente, estaria pronto para se treinar com os seus companheiros em finais de janeiro.

A especificidade da posição que ocupa e a confiança que precisa de recuperar após tanto tempo afastado dos relvados leva a pensar que o brasileiro poderá mesmo correr o risco de não jogar esta época.