«Quando alguém corrompe alguém em benefício de ninguém»

FC PORTO 11-09-19 1:39
Por Redação

Foi desta forma que Francisco J. Marques reagiu à decisão do Tribunal da Relação que não deu provimento ao recurso do Ministério Público que pediu a pronúncia da Benfica SAD no caso e-toupeira. 

«Quando alguém corrompe alguém em benefício de ninguém. Em Portugal, pelos vistos, crime é desmascarar criminosos», escreveu o diretor de comunicação do FC Porto nas redes sociais.