Parlamento rejeita eleições antecipadas

REINO UNIDO 10-09-19 7:30
Por Redação

A moção do primeiro-ministro Boris Johnson para eleições antecipadas foi esta segunda-feira chumbada pela segunda vez no parlamento britânico, no último dia antes da suspensão válida até outubro.

Apenas 293 deputados apoiaram a proposta do governo, que precisava de 434 votos para ser aprovada - foi ainda pior do que na primeira vez, em que obteve 298 votos a favor.

Ao mesmo tempo entrou ontem em vigor uma lei que determina que o Reino Unido peça a Bruxelas mais um adiamento caso o parlamento não aprove um acordo nem autorize um Brexit duro (sem acordo) até 19 de outubro.

Também ontem o presidente da câmara dos Comuns, John Bercow, anunciou que deixará o papel a 31 de outubro, depois de 10 anos no cargo. 

O parlamento está agora suspenso ate 14 de outubro.