Pedro Proença e Javier Tebas unidos contra a criação de uma Liga Europeia

LIGA 05-09-19 2:35
Por Redação

Os presidentes da Liga Pedro Proença, e da La Liga, Javier Tebas, marcaram presença na Soccerex, esta quinta-feira, onde se mostraram contra a criação de uma Liga Europeia.

«Criar uma competição semifechada poderia acabar com as ligas nacionais. Desde logo, mostrámos a nossa oposição a esse tipo de competição e a realidade só mudou porque houve uma reação forte. A modernização da indústria do futebol não pode seguir esse caminho», começou por referir Tebas, antes de acrescentar: «As ligas e as federações nacionais devem equivaler-se à FIFA e à UEFA. Não deve haver qualquer posição de supremacia em termos das decisões que são necessárias tomar no futebol.»

Por seu lado, presidente português Pedro Proença fez questão de dizer que está de acordo com as palavras do dirigente espanhol, defendendo ainda que é necessário criar um clima de diálogo que promova uma competição saudável entre todos os emblemas.

«Esse novo tipo de modelo competitivo iria matar as ligas mais pequenas, como a portuguesa, e iria alimentar os que mais recebiam, criando maiores assimetrias. É preciso um modelo de repartição de receitas que promova uma competição saudável", disse o dirigente luso, concordando com o seu homólogo espanhol na defesa da posição de que "as ligas nacionais têm de ser parte da decisão e não mantidas à margem», rematou.