Greve dos motoristas de matérias perigosas desconvocada

PAÍS 18-08-19 8:19
Por Redação

O Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas desconvocou a greve que durava desde segunda-feira passada, dia 12. O anúncio foi feito no final de um plenário que reuniu os motoristas este domingo.

«Tendo em conta que estão reunidas as condições para podermos negociar com a Antram e com o Governo, foi deliberado hoje, aqui no nosso plenário, desconvocar a greve», revelou o advogado Pedro Pardal Henriques à saída da reunião que durou cerca de três horas.

O presidente do Sindicato, Francisco São Bento, acrescentou que novas greves podem vir a ser convocadas, caso a Antram «demonstre uma postura intransigente na reunião do próximo dia 20 de agosto».

O Governo revelou este domingo que, caso o plenário da estrutura sindical desconvocasse a greve, já estava agendada uma reunião para terça-feira entre o sindicato dos motoristas de matérias perigosas e a associação patronal.

É importante saliente que no sábado, ao final do dia, o Ministério do Ambiente e Transição Energética disse que a requisição civil foi cumprida e os serviços mínimos «superados», com o último balanço a demonstrar "uma crescente normalidade da situação".