Estrutura leonina começa hoje a trabalhar

SPORTING 24-06-19 11:56
Por Redação

Depois um mês de férias para retemperar forças e energias de uma longa e desgastante época que terminou com a conquista da Taça de Portugal, a estrutura do futebol profissional começa hoje a trabalhar na Academia.O quartel general do futebol sportinguista será palco de uma série de reuniões com os responsáveis das várias áreas, tendo como objetivo deixar tudo preparado para o pontapé de saída na nova época que, recorde-se, está agendado para a próxima quinta-feira.

Em cima da mesa estarão vários assuntos, como por exemplo o regresso dos jogadores que prolongaram a temporada devido aos compromissos das seleções. Se alguns ainda estão em competição, como os que participam no Campeonato Africano das Nações e na Copa América, outros houve que estiveram em competição até meio de junho. Esses terão dispensa de se apresentar no arranque dos trabalhos, com a SAD a conceder-lhe mais alguns dias de férias.Bruno Fernandes, por exemplo, só se apresentará no dia 4, o mesmo devendo acontecer com Ristovski. Já Gonzalo Plata e Wendel deverão chegar mais tarde, mas ainda a tempo de integrar a comitiva leonina que irá para estágio em terras suíças (a partida está agendada para dia 7 de julho e o regresso acontecerá a 13).

Quem já deverá marcar presença no primeiro dia de trabalhos são Luís Maximiano, Miguel Luís e Thierry Correia, que estiveram no Mundial de sub-20, bem como os reforços Luciano Vietto e Luís Neto. Estes e outros jovens da formação deverão ser convocados  por Keizer para preencher as vagas deixadas em aberto no plantel principal. Decisões a serem tomadas neste início de semana, aliás, em estreita relação com os responsáveis da equipa de sub-23, este ano liderada por Leonel Pontes e cujo arranque dos trabalhos está também agendado para quinta-feira.

Além de todas as questões relacionadas com a pré-época, com os jogadores que trabalharão com o plantel principal e os que chegarão mais tarde, também o departamento médico, liderado por João Pedro Araújo, começará a operacionalizar toda a bateria de exames a que os atletas serão submetidos no regresso ao trabalho.