Roma acusa Totti em comunicado

ITÁLIA 17-06-19 7:20
Por Redação

Estalou a polémica entre a Roma e Francesco Totti. O emblemático capitão dos giallorossi anunciou o fim de uma ligação de 30 anos aos giallorrossi, alegando que o clube não respeitava a posição enquanto diretor técnico.

Situação que foi desmentida pela Roma. Numa nota oficial, o emblema italiano acusa o antigo jogador de apresentar factos «imaginados e longe da realidade» e assegura que estava pronto para «ser paciente e ajudar o Francesco a passar de um grande jogador para um bom diretor».

Leia o comunicado na íntegra:

«A Roma está extremamente desapontada após a saída de Francesco Totti do clube. Propusemos-lhe o papel de diretor técnico após a saída de Monchi, e ainda aguardávamos uma resposta.

Acreditávamos que o papel oferecido ao Francesco era um dos mais importantes dentro da estrutura do futebol: uma posição que exigia total dedicação e compromisso, coisa que é esperada de todos os dirigentes do clube.

Estávamos preparados para ser pacientes com o Francesco e ajudá-lo a passar de um grande jogador para um grande dirigente. Acreditámos que o papel de diretor técnico era o ideal para proporcionar o crescimento e adaptação a esta nova fase.

Apesar de compreendermos que foi complicado para ele abandonar a Aroma após 30 anos, não podemos deixar de apontar uma escolha de factos imaginados e muito longe da realidade

Desejamos a melhor sorte do mundo ao Francesco», pode ler-se.