Águias destacam episódio que «passou despercebido» no jogo com V. Setúbal

BENFICA 15-04-19 1:23
Por Redação

Minuto 29 do Benfica-Vitória de Setúbal. Pizzi é chamado a bater um penálti, por mão na bola de Rúben Micael, mas vê Makaridze evitar aquele que seria o segundo golo dos encarnados.

O desalento ficou bem patente no rosto do número 21, o qual não disfarçou o desânimo com a oportunidade desperdiçada da marca de onze metros.

O que se seguiu no relvado da Luz, realça o Benfica, é demonstrativo da «união e amizade» que suportam o grupo comandado por Bruno Lage. 

«Passou despercebido a muitos espectadores, mas a união e amizade que suportam este Benfica também esteve presente nos instantes seguintes ao penálti que Pizzi não conseguiu converter. Um por um, vários colegas se foram aproximando do médio para lhe deixar uma palavra de ânimo. Como já tinha acontecido noutros jogos do Benfica, noutras situações e com outros jogadores», lê-se na publicação News Benfica, onde se salienta: «A enorme família benfiquista – e desta vez foram quase 60 mil na Luz – existe para isto mesmo: para ajudar, para levantar, para apoiar, para estar ao lado quando é preciso.»