Pinto da Costa explica avaliação do plantel do FC Porto

FC Porto 16-03-2021 23:16
Por Redação

Pinto da Costa, presidente do FC Porto, diz que «está tudo orientado» no sentido de os azuis e brancos deixarem de estar abrangidos pelo fair play financeiro da UEFA, no final desta época.

 

«Estamos convencidos que sim, está tudo orientado nesse sentido. Tivemos no primeiro semestre lucro de 34 milhões de euros, neste momento temos dados que nos permitem pensar que podemos melhorar no segundo semestre. O contributo da Liga dos Campeões também foi importante, a saída de jogadores que não foram contabilizados: Danilo, por exemplo, não entrou no primeiro semestre porque só será concretizado se o PSG for à Champions; há outros [jogadores] que estão com opções que vão ser feitas», começou por explicar, em entrevista ao Porto Canal.

 

«O nosso capital, que é negativo, tem o nosso plantel avaliado em 74 milhões de euros; o Transfermarkt, que avalia sempre por baixo, tem o nosso plantel valorizado em €264 milhões. E vale mais. Porque é que só está [avaliado] em 74 milhões? Porque, por lei, somos obrigados a lançar o valor dos jogadores pelo preço que comprámos, abatendo todos os anos a amortização correspondente à parte desse ano», detalhou Pinto da Costa, notando que «os jogadores criados no FC Porto não têm valor algum em termos de balanço porque não custaram nada.»

 

«Negociámos um jogador, que estava no nosso balanço por cerca de €1 milhão, por €40 milhões. Estamos perfeitamente tranquilos com esta diferença em termos de capitais», rematou.

Ler Mais
Comentários (5)

Últimas Notícias