Duas portuguesas desaparecidas em naufrágio que matou pelo menos sete pessoas (atualizada)

São Tomé e Príncipe 25-04-2019 18:35
Por Lusa

Sete pessoas morreram e 10 estão desaparecidas, incluindo duas portuguesas e um francês, após um naufrágio de um navio em São Tomé e Príncipe, disseram à agência Lusa fontes governamentais.

 

Os mortos são três adultos e quatro crianças, informaram as mesmas fontes. As autoridades conseguiram resgatar 55 pessoas com vida.

 

«Mais um corpo sem vida, de uma criança, acaba de ser retirado do mar. Assim sendo sobe para sete o número de mortos confirmados e descem para 10 os desaparecidos», divulgou ao final da tarde de hoje fonte do gabinete do presidente do governo regional do Príncipe, José Cassandra, numa mensagem na rede social Facebook.

 

O executivo regional, que se reuniu hoje à tarde na sequência do acidente, decretou três dias de luto e suspendeu as festividades do Dia da Autonomia da região, que se celebraria este fim de semana, adiantou a mesma fonte.

 

O navio “Anfitriti” fazia a ligação entre as ilhas de São Tomé e do Príncipe, uma viagem que dura entre seis e oito horas, e naufragou às primeiras horas da manhã de hoje, já próximo da ilha do Príncipe.

 

 

(Notícia atualizada de seis para sete mortos)

Ler Mais

Últimas Notícias