QUARTA-FEIRA, 24-05-2017, ANO 18, N.º 6325
Foto AP
Arsenal
Magnata russo fez proposta milionária para deter a totalidade do clube
19:38 - 19-05-2017
O magnata russo Alisher Usmanov, detentor de uma fortuna estimada em 14 mil milhões de euros e a quem pertence 30 por cento do capital do Arsenal, fez uma proposta de loucos para deter o clube na sua totalidade.

Segundo a imprensa inglesa, Usmanov, 71.º homem mais rico do mundo segundo a Forbes, apresentou a Stan Kroenke, dono de 67 por cento, uma proposta no valor de mil milhões de euros para ter o controlo total dos gunners. De acordo com o The Guardian, este seria apenas o primeiro passo para um projeto milionário no reforço do plantel para conduzir o Arsenal de novo aos títulos.

Recorde-se que o Arsenal não vence a Premier League há 13 anos e ao longo dos anos a direção e Arsène Wenger têm sido muito criticados por serem comedidos no que toca a despender dinheiro em novos jogadores.
Redação

comentários

1
Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter
Faça um comentário (máx: 300)
n_milheiro
20-05-2017 09:46
O principal problema dos gunners já é ha muito tempo o seu treinador, podem vir os melhores jogadores do mundo que com aquele treinador nunca irão ganhar nada de especial. Mudem de treinador e vão ver que algo bom começa a acontecer

mais de ARSENAL

Arsenal Arsene Wenger voltou a contornar as questões relacionadas com o futuro e recusou assumir se a final da Taça de Inglaterra, no próximo domingo, seria o último como treinador do Arsenal. «Se vai ser uma boa despedida? Não, o que quero é ganhar. Não
Arsenal O antigo guarda-redes David Seaman, que venceu três campeonatos ao serviço do Arsenal entre 1990 e 2003, acredita que a falta de competitividade atual do clube se deve apenas e só a... dinheiro. «Creio que estamos a ficar para trás em relação a do

destaques