QUARTA-FEIRA, 24-05-2017, ANO 18, N.º 6325
Andrés Iniesta, capitão do Barcelona
Liga dos Campeões
«Real Madrid e Juventus são justos finalistas» - Iniesta
14:18 - 12-05-2017
À margem de uma ação publicitária, o médio do Barcelona, Andrés Iniesta, afirmou que Real Madrid e Juventus merecem estar na final da Liga dos Campeões.

«Real Madrid e Juventus são justos finalistas da Champions, pelo percurso que realizaram. Vai ser uma final interessante. É uma pena que o Barcelona não esteja presente. Pessoalmente, acho que acabas por perder um pouco o interesse quando não és tu que chegas à final», afirmou o jogador catalão, que ontem completou 33 anos.

Iniesta revelou ainda que continua a considerar Messi como o melhor futebolista da atualidade:

«Não vejo mais ninguém a fazer aquilo que Messi faz e acredito que não verei no futuro. Para mim é e continua a ser o melhor do mundo».
Redação

comentários

6
Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter
Faça um comentário (máx: 300)
Overheat
13-05-2017 10:44
um senhor. quem devia botar o olho é o piquete
Coder
12-05-2017 20:20
A ver se ele diz o mesmo quando perder a liga, ou será humildade fingida?
Auia
12-05-2017 19:43
Iniesta um grandíssimo jogador e um ser humano ainda maior. Quem fala assim merece todo o reconhecimento!
Obas
12-05-2017 17:23
Grande Iniesta. Uma lenda de futebol. Pena, muita pena mesmo a FIFA ter-lhe roubado uma bola de ouro a favor do favorecido Lionel Messi
anti-tretas
12-05-2017 17:13
Assumir que os outros foram melhores quando perdemos é uma manifestação de civismo e classe. Pena que muitos no nosso país não tenham nenhum destes atributos.
12

mais de LIGA DOS CAMPEÕES

Liga dos Campeões Com a Grã-Bretanha em estado de alerta pelos recentes atentados em Manchester, que já vitimaram 22 mortos e fizeram ainda 59 feridos, a segurança para a final da Liga dos Campeões, que se disputa em Cardiff no próximo dia 3 de junho, irá ser muito ap
Liga dos Campeões Os Black Eyed Peas vão actuar na cerimónia de abertura da final da Liga dos Campeões, em Cardiff, a 3 de junho, abrindo caminho para o prato principal, o Juventus-Real Madrid. «É optimo poder atuar perante 75 mil pessoas que foram ali para assisti

destaques