DOMINGO, 23-04-2017, ANO 18, N.º 6294
Mauricio Pochettino (Foto AP)
Tottenham
«Ser árbitro é um emprego difícil, mais difícil do que ser treinador» - Pochettino
16:50 - 17-03-2017
Pochettino declarou, esta sexta-feira, que os árbitros têm um trabalho mais difícil do que um treinador.

«Ser árbitro é um emprego difícil, mais difícil do que ser treinador. Por vezes nos treinos fazemos de árbitro, é tão complicado lidar com os jogadores: todos se queixam, todos querem a bola, nunca fazem faltas», explicou o técnico argentino.

O treinador do Tottenham elogiou ainda o trabalho dos árbitros em Inglaterra, em comparação com as restantes ligas.

«É importante reconhecer a sua importância e estou muito satisfeito com os árbitros da Liga Inglesa. Noutras ligas, há árbitros que tentam condicionar o jogo, torná-lo mais lento, qualquer toque é uma falta.
Na Liga inglesa há mais liberdade e o jogo corre mais rápido», contou.

«Não são perfeitos, são humanos e cometem erros. É tão difícil fazer decisões jogada a jogada. Os árbitros terão sempre o meu respeito».
Redação

comentários

0
Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter
Faça um comentário (máx: 300)

mais de TOTTENHAM

Tottenham Ugo Ehiogu, antigo internacional inglês que atualmente orientava a equipa de sub-23 do Tottenham, morreu esta sexta-feira, após ter sido vítima na véspera de um ataque cardíaco no centro de treinos do clube inglês. Ehiogu, que contava 44 anos, ain
Tottenham Mauricio Pochettino, treinador argentino que tem estado em evidência no Tottenham, garantiu que nunca aceitará um convite do Barcelona, onde foi já apontado como um dos sucessores de Luis Enrique. O argentino, em entrevista à rádio espanhola Caden

destaques