SÁBADO, 25-03-2017, ANO 18, N.º 6265
Eduardo Monteiro
Espaço Universidade
66º NBA All Star Game: New Orleans 2017 (artigo de Eduardo Monteiro, 14)
00:32 - 15-02-2017
Eduardo Monteiro
No próximo fim de semana, ou seja, nos dias 17, 18 e 19 de Fevereiro de 2017, vai ter lugar no Smoothie King Center na cidade de New Orleans, estado federal do Louisiana, EUA, o 66º “NBA All Star Game”, acompanhado por diversos concursos e jogos de exibição das futuras estrelas da liga profissional, que fazem parte desta festa espectacular.

Assim, numa primeira fase (janeiro de 2017) decorreu o processo de votação digital para a eleição dos cinco iniciais das selecções das duas conferências (Este e Oeste). Neste processo eleitoral participaram, com um determinado peso percentual, os adeptos (50%), jogadores da NBA (25%) e jornalistas especializados na modalidade (25%).

Os jogadores são escolhidos em função da posição em que actuam, Bases (guards) (posição 1 e 2), Extremos e Postes (frontcourt) (posições 3, 4 e 5). Depois de concluída a votação são ordenados por guards e frontcourt, em cada uma das 2 conferências, de acordo com os votos dos três distintos grupos (adeptos, jogadores e jornalistas). Na votação deste ano de 2017 participaram 38 milhões de adeptos, com um aumento percentual, em relação ao ano anterior, na ordem dos 146%.

Entre os 5 jogadores mais votados temos LeBron James (Cleveland Cavaliers) com 1.893.751 votos, logo seguido por Stephen Curry (Golden State Warriors) com 1.848.121 votos, James Harden (Houston Rockets) com 1.771.375 votos, Kevin Durant (Golden State Warriors) com 1.768.185 votos e Kyrie Irving (Cleveland Cavaliers) com 1.696.769 votos. Após a votação e feitas as contagens de acordo com as regras estabelecidas os cinco iniciais ficaram assim constituídos:

Selecção da Conferência do Este

- Giannis Antetokounmpo (Milwaukee Bucks) – (22 anos, 2,11 m e 100Kg). Apresenta esta época uma média de 23,2 pontos, 8,7 ressaltos e 5,5 assistências por jogo. Nascido em Atenas (Grécia), filho de emigrantes nigerianos, já com experiencia internacional pela selecção sénior da Grécia, é considerado um dos melhores jogadores europeus da actualidade, pelo que esta escolha para o All Star Game é uma excelente motivação para um jogador tão promissor;

- Jimmy Butller (Chicago Bulls) – (27 anos, 2,03 m e 105 Kg). Como jogador universitário pela Universidade de Marquette foi nomeado 2 vezes para o cinco ideal da Conferencia Big East. Vencedor da medalha de ouro com a selecção dos EUA nos JO Rio-2016. Até ao momento conseguiu, durante a fase regular da NBA, uma média de 24,5 pontos, 6,4 ressaltos e 4,8 assistências por jogo. É actualmente um dos melhores marcadores da Liga e o jogador mais valioso da equipa de Chicago. Não é por acaso que é escolhido para o All Star Game pela terceira vez;

- DeMar DeRozan (Toronto Raptors) – (27 anos, 2,01 m e 100 Kg). Esta época tem uma média de 27,9 pontos, 5,4 ressaltos e 3,8 assistências por jogo. É o melhor marcador de pontos da história da equipa de Toronto, membro da selecção olímpica que conquistou a medalha de ouro nos JO Rio -2016 e, actualmente, um dos melhores encestadores da NBA, foi justamente selecionado para o seu terceiro All Star Game;

- Kyrie Irving (Cleveland Cavaliers) – (24 anos, 1,90 m e 87 Kg). Tem uma média por jogo de 24,4 pontos, 3,2 ressaltos e 5,9 assistências nesta época. Campeão da NBA no ano passado com exibições fantásticas nas finais. Pela selecção dos EUA foi vencedor e nomeado MVP do Campeonato do Mundo FIBA 2014 realizado em Madrid. Medalha de ouro na qualidade de Base titular da selecção americana nos JO Rio-2016. Escolhido como MVP no All Star Game de 2014. Participar pela 4ª vez, em seis épocas, no jogo das estrelas da NBA é um merecido prémio para um jovem atleta com tanta habilidade e precisão no lançamento;

- LeBron James (Cleveland Cavaliers) – (32 anos, 2,03 m e 113 Kg). Apresenta esta época uma média de 25,8 pontos, 7,8 ressaltos e 8,8 assistências por jogo. Líder carismático dos campeões da NBA, participa pela 13ª vez consecutiva no All Star Game, sempre no cinco inicial. É o melhor marcador de pontos da história destes encontros entre as estrelas da NBA (291 pontos) tendo sido eleito 2 vezes (2006 e 2008) como MVP do All Star Game. Já conquistou 3 títulos da NBA (2 em Miami e Cleveland). Com a selecção dos EUA foi campeão olímpico em 2008 e 2012, assim como, vencedor do mundial de 2014 em Espanha. É uma verdadeira força da natureza a jogar basquetebol com classe e eficiência.

Selecção da Conferência do Oeste

- Stephen Curry (Golden State Warriors) – (28 anos, 1,90 m e 86 Kg). Esta época tem uma média por jogo de 25,2 pontos, 4,3 ressaltos e 6,4 assistencias. Eleito nas duas últimas épocas MVP da fase regular (82 jogos), vai participar pela 4ª vez consecutiva neste jogo das estrelas, sempre no cinco inicial. É o único jogador na história da NBA que concretizou mais de 300 triplos durante a fase regular da NBA. Campeão do mundo pela selecção americana nos Mundiais FIBA na Turquia em 2010 e em Espanha em 2014. Com a sua equipa (Warriors) sagrou-se campeão da NBA em 2015;

- Anthony Davis ( New Orleans Pelicans) – (23 anos, 2,11 m e 115 Kg). Consegue esta época uma média de 28 pontos, 12,1 ressaltos e 2,2 assistências por jogo. Em 2011, foi campeão nacional (NCAA) pela Universidade de Kentucky e distinguido como o melhor jogador universitário, a nível nacional. Fez parte da selecção dos EUA campeã olímpica nos JO Londres-2012 e da que venceu o Mundial FIBA realizado em Madrid-2014. Agora, foi escolhido pela 4ª vez para participar no NBA All Star Game. Jogador com grandes qualidades técnicas e atléticas está a fazer uma excelente época pelos Pelicans, pelo que a jogar em casa, com o indispensável apoio do público, tem uma grande oportunidade de se tornar no próximo MVP deste encontro anual;

- Kevin Durant (Golden State Warriors) – (28 anos, 2,06 m e 109 Kg). É a oitava vez consecutiva que, este brilhante jogador e excelente lançador, participa no All Star Game. Esta temporada tem uma média de 25,9 pontos, 8,4 ressaltos e 4,8 assistências por jogo. Para além das suas qualidades técnicas e disponibilidade motora, possui a melhor média de pontos por jogo (25,6) na história do jogo das estrelas. Tem sido, há uns anos a esta parte, o mais influente jogador da selecção americana a nível internacional, e os resultados bem o demonstram com a conquista dos Mundiais FIBA: Turquia- 2010 e Espanha-2014 e as medalhas de ouro nos JO Londres-2012 e JO Rio-2016;

- James Harden (Houston Rockets) - (27 anos, 1,96 m e 100 Kg). Possui uma capacidade criativa impressionante. As suas cinco nomeações para o All Star Game são coincidentes com as suas cinco temporadas de jogador da equipa de Houston, o que quer dizer, que se encontra na equipa certa para demonstrar todo o seu potencial ofensivo. Integrou a selecção dos EUA vencedora da medalha de ouro nos JO Londres-2012. Está a marcar uma média de 29,1 pontos por jogo a que acrescenta 8,2 ressaltos e 11,3 assistências. Exibições memoráveis levaram-no a bater records históricos com marcações de 50 pontos conjugados com um mínimo de 10 ressaltos e 10 assistências (triple doubles). Um sério candidato a MVP deste All Star Game;

- Kawhi Leonard (San Antonio Spurs) – (25 anos, 2,01 m e 104 Kg). Foi o melhor defensor da NBA na fase regular nas duas últimas épocas e conquistou o galardão de MVP das finais, aquando da conquista do título da NBA (2014) com a equipa de San António, são aspectos elucidativos quanto á categoria deste jogador. Até agora, no decorrer da fase regular tem uma média de 25,8 pontos, 5,9 ressaltos e 3,4 assistências por jogo, pelo que é considerado o jogador mais valioso da equipa dos Spurs.

Definidos os cinco iniciais das selecções das duas Conferencias, coube, posteriormente, aos treinadores das equipas que lideram as respectivas classificações, escolher os sete restantes magníficos que completarão cada uma das equipas. Steve Kerr, treinador dos Golden State Warriors, que lideram a classificação da Conferencia do Oeste é o respectivo treinador. Relativamente à Conferencia do Este o treinador da equipa dos Cleveland Cavaliers, que segue na vanguarda da classificação, não pode ser nomeado porque já desempenhou essas funções no ano passado. As actuais regras são bem claras e não permitem a repetição da nomeação. Deste modo, o escolhido para orientar a selecção do Este foi Brad Stevens, treinador dos Boston Celtics, que segue na segunda posição da classificação da sua Conferencia.

Em conformidade foram convocados para o NBA All Star Game os seguintes jogadores na qualidade de suplentes:

Selecção da Conferência do Este

- Paul George (Indiana Pacers) – (26 anos, 2,06 m e 100 Kg) - (22,5 pontos, 6,2 ressaltos e 3,4 assistências). Fez parte do cinco inicial em 2016 e foi o melhor marcador do encontro com 41 pontos, aos quais juntou 5 ressaltos e 1 assistência. Vencedor da medalha de ouro com a selecção dos EUA nos JO Rio-2016;

- Kevin Love (Cleveland Cavaliers) – (28 anos, 2,08 m e 114 Kg) – (20,1 pontos, 11,1 ressaltos e 1,8 assistências). Em 2012 venceu o concurso de triplos incluído nos festejos do All Star Game. Vencedor da medalha de ouro nos JO Londres-2012 com a selecção dos EUA. Campeão da NBA na época passada (2016) com a equipa dos Cavaliers de Cleveland;

- Kyle Lowry (Toronto Raptors) – (30 anos, 1,83m e 93 Kg) – (23 pontos, 4,7 ressaltos e 7 assistencias). Jogou no cinco inicial em 2015 e foi suplente em 2016. Vencedor da medalha de ouro nos JO Rio-2016. Constitui com DeMar DeRozan uma dupla temível na equipa dos Raptors de Toronto que vale 50 pontos por jogo;

- Paul Millsap (Atlanta Hawks) – (32 anos, 2,03 m e 112 kg) – (17,9 pontos, 8 ressaltos e 3,8 assistencias). Foi suplente em 2015 e 2016. É, actualmente, o jogador mais valioso da sua equipa os Hawks de Atlanta;

- Isaiah Thomas (Boston Celtics) – (28 anos, 1,75 m e 84 Kg) – (29,9 pontos, 2,7 ressaltos e 8,3 assistências). Participou no All Star em 2016 na qualidade de jogador suplente. É actualmente o líder incontestável da formação dos Celtics de Boston que está a realizar a melhor época dos últimos anos;

- Kemba Walker (Charlotte Hornets) – (26 anos, 1,85m e 84 Kg) – (22,5 pontos, 4 ressaltos e 5,5 assistências). É um estreante no All Star Game e está a realizar uma excelente temporada com a equipa dos Hornets;

- John Wall (Washington Wizards) – (26 anos, 1,93 m e 95 Kg) – (18,6 pontos, 4,5 ressaltos e 10,5 assistências). Entrou no cinco inicial em 2015 e jogou como suplente em 2016, tendo marcado respectivamente 19 e 22 pontos. Venceu o concurso de afundanços (Slam Dunk Contest) em 2014.

Selecção da Conferência do Oeste

- DeMarcus Cousins (Sacramento Kings) – (26 anos, 2,11 m e 122 Kg) – (27,9 pontos, 10,7 ressaltos e 4,7 assistencias). Actuou como suplente em 2015 e 2016, tendo obtido 14 pontos e 7 ressaltos no primeiro encontro e 11 pontos e 4 ressaltos no segundo. Esta época está a ser o jogador mais valioso dos Sacramento Kings;

- Marc Gasol (Memphis Grizzlies) – (32 anos, 2,16 m e 115 Kg) – (20,8 pontos, 6,1 ressaltos e e 4,1 assistencias). Oriundo de Barcelona completou a sua formação universitária nos EUA. Internacional veterano pela selecção espanhola e irmão do carismático jogador da NBA, Pau Gasol. Este atleta espanhol participou em 2015 no All Star Game como jogador do cinco inicial, tendo conseguido 6 pontos, 10 ressaltos e 2 assistências. Está a realizar uma época de elevado nível ao serviço da sua equipa os Grizzlies de Memphis;

- Draymond Green (Golden State Warriors) – (26 anos, 2,01 m e 104 Kg) – (10,7 pontos, 8,4 ressaltos e 7,3 assistências). Campeão da NBA em 2015 e medalha de ouro nos JO Rio-2016 é um jogador chave na equipa dos Warriors, líder destacada do campeonato da NBA;

- Gordon Hayward (Utah Jazz) – (26 anos, 2,03 m e 102 Kg) – (22,4 pontos, 5,7 ressaltos e 3,5 assistências). Com a sua equipa da Universidade de Butler venceu a Horizon League em 2009. No Verão desse ano, integrou a selecção sub-19 dos EUA e participou no Mundial FIBA realizado na cidade de Auckland, Nova Zelândia. Não só se tornou campeão mundial como foi escolhido para o cinco ideal da referida prova. No seu percurso académico recebeu diversas nomeações honrosas pela sua qualidade de estudante/atleta, sendo licenciado em engenharia de computadores. Selecionado pelos Utah Jazz, no draft de 2010, foi mantendo um processo evolutivo progressivo que lhe valeu, esta temporada, uma convocatória para o All Star Game. Bom exemplo de estudante/atleta a prestigiar um percurso correcto até ingressar na alta competição;

- DeAndre Jordan (LA Clippers) – (28 anos, 2,11 m e 120 Kg) – (12,3 pontos, 13,7 ressaltos e 1,7 interceções de lançamentos). Melhor defensor e ressaltador da selecção dos EUA vencedora da medalha de ouro nos JO Rio- 2016. É mais um estreante no All Star Game;

- Klay Thompson (Golden State Warriors) – (27 anos, 2,01 m e 97 Kg) – (21,5 pontos, 3,9 ressaltos e 2 assistências). Campeão da NBA em 2015 e vencedor da medalha de ouro nos JO Rio-2016. Participou no All Star Game em 2016 na qualidade de suplente e foi o vencedor do concurso de triplos. É um lançador temível de qualquer parte do campo, sendo devastador para além da linha dos 6,75 metros;

- Russell Westbrook (Oklahoma City Thunder) – (28 anos, 1,90 m e 90 Kg) – (30,9 pontos, 10,5 ressaltos e 10,2 assistências). Dotado de qualidades motoras, ao mais alto nível, consegue ser o jogador mais dinâmico da NBA. Executa todos os gestos técnicos com uma velocidade e facilidade impressionante. Foi o MVP, destes encontros das estrelas do basquetebol, em 2015 e 2016, obtendo 41 pontos no primeiro ano como jogador suplente e 31 pontos no segundo como integrante do cinco inicial. É o único jogador da NBA que, esta época, apresenta uma média por jogo de triplos-duplos, ou seja, mínimo de 10 pontos, 10 ressaltos e 10 assistências. Vencedor da medalha de ouro nos JO Londres-2012. É um sério candidato a MVP o que, a concretizar-se, lhe daria o terceiro galardão consecutivo.

Com este conjunto de estrelas da NBA temos a oportunidade única de assistir, este ano (2017), a um excelente jogo de exibição de basquetebol, ao mais alto nível, em que cada um dos jogadores vai procurar mostrar as suas habilidades motoras e exibir os aspetos mais encantadores da sua forma de jogar. Excelente fim de semana em perspetiva para os adeptos do Basquetebol e para todos aqueles que gostam de ver bons espetáculos desportivos.

Divirtam-se!


Eduardo Monteiro é ex-treinador do SL Benfica e das Seleções Nacionais

comentários

0
Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter
Faça um comentário (máx: 300)

mais de ESPAÇO UNIVERSIDADE

Espaço Universidade Sem memória é como viver sem rumo. Para se poder avançar para o desenvolvimento é necessário talento, esforço, organização e conhecimento alicerçado. Esse conhecime
Espaço Universidade Muito embora em alto rendimento a exigência para demonstrar os valores da competência em qualquer jogo esteja sempre presente, pode no entanto acontecer que a maior press

destaques