TERÇA-FEIRA, 28-03-2017, ANO 18, N.º 6268
Foto FPF
Arbitragem
Conselho de Arbitragem não aceita que «os árbitros sejam os bodes expiatórios de insucessos»
19:37 - 11-01-2017
Após a reunião de hoje entre o Conselho de Arbitragem e os clubes portugueses, o organismo divulgou um comunicado onde deixa expresso o seu apoio aos árbitros, referindo que não aceita que «sejam um bode expiatório para os insucessos».

Eis o comunicado na íntegra:

«O CA da Federação Portuguesa de Futebol promoveu esta tarde, na Cidade do Futebol, uma reunião com os clubes do futebol profissional. Foi um encontro de trabalho franco, aberto e por isso proveitoso. Aliás, aproveitamos desde já para anunciar que o Conselho de Arbitragem tenciona levar a cabo reuniões deste género também no início e no final de cada época.

O Conselho de Arbitragem mantém canais de diálogo abertos com os clubes e estará sempre recetivo a ouvir as sugestões de dirigentes, treinadores e jogadores, no sentido de construirmos, em conjunto, um Futebol cada vez mais forte.

O Conselho de Arbitragem – este Conselho de Arbitragem – nunca se fechará atrás de muros, desculpas fáceis ou corporativismos. Sabemos que já cometemos erros e que provavelmente vamos cometer mais. Sabemos que os árbitros cometem erros. E eles também sabem porque semanalmente o sentem.

Aceitamos a crítica, se ela for construtiva. E sabemos que a arbitragem será sempre uma área potencialmente geradora de críticas. Mas nunca aceitaremos que os árbitros sejam os bodes expiatórios de insucessos.

Uns organizam as competições, outros têm de treinar e de jogar, outros gerem os seus clubes, os árbitros arbitram, outros ainda aplicam a justiça desportiva. Cada qual cumpre as suas atribuições e funções. O Conselho de Arbitragem, a que presido, gere os árbitros e a arbitragem. E não permite magistérios de influência, de comentadores, de ex-árbitros, de alguém ou de alguma organização em particular, sobre a arbitragem e sobre este Conselho.

Gostaríamos de terminar com uma mensagem de esperança, tal como tivemos oportunidade de dizer aos clubes: todos juntos seremos capazes de fazer melhor. Estamos a apostar forte na formação, na melhoria das condições de treino e dos métodos de avaliação. Sabemos o sacrifício que os árbitros fazem, o que suportam e sabemos que serão, também eles, capazes de melhorar.

Acreditamos que depois da reunião de hoje os clubes passaram a ter mais ferramentas para compreender o trabalho profundo que está a ser feito no setor da arbitragem.»
Redação

NOTÍCIAS RELACIONADAS

comentários

41
Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter
Faça um comentário (máx: 300)
Bangurá
12-01-2017 10:04
Pouca vergonha tem limite. Se nao tiverem capacidade de cumprir com as vossas atribuições e funções de gere os árbitros e a arbitragem saiam, pensava-se que os ex-arbitros eram capazes de fazer melhor, voces sao zero nada, nulos complicaram ainda mais. Chamem os arbitros estrangeiros para vos ajudar
Voador01
12-01-2017 09:20
Há árbitros tremendamente incompetentes. 1 chama-se André e costuma vestir 1 camisola à irmãos Metralha. Esse árbitro, no jogo Setúbal vs SCP teve a ousadia de em pouco + de 2 minutos evitour 2 golos cantados ao SCP ao desviar de propósito 2 bolas p/ fora, 1 delas sem ninguém na baliza!
pratagy
12-01-2017 08:59
É de fazer rir,Devem é ter vergonha.
Cartaxa66
12-01-2017 07:40
Os melhores de sempre:L.Baptista,J.Capela,Cos.Machado,Aug.Duarte,Calheiros,Leiros,J Coroado Azia,Benquerenca,P.Costa,Paulo Baptista,Paraty,J.Sousa,B Paixao,tudo homens serios sem maldades.O grande Martins Dos Santos este merece 1 homenagem,e o Maestro ANTONIO ROLA! Vergonha!Ninguem e estupido!PSFF!
dragaozzz
12-01-2017 03:47
Claro que não podem ser os únicos bodes expiatórios, os maiores culpados sao os membros do anterior conselho de arbitragem, afastaram os competentes e através de falsas avaliacoes promoveram arbitros afetos ao SLB a primeira categoria, e posteriormente a internacionais sem a minima experiencia.
123456789

mais de ARBITRAGEM

Arbitragem O Conselho de Arbitragem dirigiu, este sábado, em Tomar, a terceira Ação de Reciclagem e Aperfeiçoamento para árbitros de primeira categoria e estagiários de elite. No
Arbitragem Artur Soares Dias não esconde o desejo de aparecer na lista de nomeações do Conselho de Arbitragem da Federação como árbitro designado para o clássico entre Benfica e FC

destaques