DOMINGO, 26-03-2017, ANO 18, N.º 6266
FIFA
Mundial passará a ter 48 equipas
09:50 - 10-01-2017
O conselho da Federação Internacional (FIFA) votou, esta terça-feira, por unanimidade, a passagem a 48 seleções nas fases finais do Mundial a partir de 2026.

O Mundial passará assim a contar com 16 grupos formados por três equipas.

O presidente da FIFA, Gianni Infatino, defendeu esta mudança, isto porque alega que irá aumentar o interesse global na competição e o retorno financeiro.
Redação

comentários

19
Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter
Faça um comentário (máx: 300)
VoxMorbidi
10-01-2017 18:14
Do meu ponto de vista, que vale o que vale, isto é uma perfeita aberração que só serve os interesses financeiros da Fifa. Como está acho que estava bem, apesar de, mesmo assim, já haver uma data de jogos sem qualquer qualidade. O dinheiro, sempre o dinheiro a mandar... :)
Signori
10-01-2017 17:13
Claro. É preciso colocar as selecções dos países que ajudaram à investigação na FIFA e aqueles que NUNCA mais vão falhar fases finais. A saber: Acaba-se o treme treme na qualificação das selecções como a Argentina e o Brasil. A Rússia, China, USA, e alguns países do Médio Oriente estarão lá!!!
hummel37
10-01-2017 15:04
"ACferrari"Vai render muitos milhões e provavelmente muitos atentados.Até que ponto será bom????
pedrosilvas
10-01-2017 14:29
garil20, qual é o espanto? É necessário criar infraestruturas que permitam a realização de um Mundial.
Machop
10-01-2017 14:11
Grupos de 3? Já foi experimentado no Mundial '82 e foi abandonado esse esquema, pois as equipas não jogam todos os jogos de todas as jornadas ao mesmo tempo, o que é injusto em termos de tempos de descanso. Sou completamente contra esta ideia.
1234

mais de FIFA

FIFA Com os benfiquistas Mitroglou e Samaris a titulares, a Grécia deslocou-se à Bélgica e empatou a um golo, com um golo grego a ser apontado pelo avançado das águias (o 13.º
FIFA No jogo que abriu as hostilidades da 5.ª jornada do grupo H, a Bósnia-Herzegovina não sentiu quaisquer dificuldades em bater a frágil seleção de Gibraltar, por 5-0. Ib

destaques