O esloveno desconhecido ex-Benfica que calou a crítica em Espanha

Atlético Madrid 16-04-2018 21:27
Por Redação
Se dúvidas houvesse, Jan Oblak tratou de as dissipar. Entre os postes. A cumprir a quarta época no Atlético Madrid, onde chegou em 2014 proveniente do Benfica – a troco de €16 milhões -, o esloveno tem sido um verdadeiro gigante na baliza dos colchoneros.

Olhado com desconfiança pela crítica no país vizinho, o escolhido para ocupar o lugar deixado vago por Thibaut Courtois – rumou ao Chelsea no verão de 2014 - afirmou-se como elemento preponderante na equipa de Diego Simeone.

«A sensação de segurança que o belga oferecia à equipa era uma herança demasiado pesada para um jovem desconhecido, esloveno, que não tinha sequer 20 jogos disputados pela primeira equipa do Benfica», recorda a edição digital do diário Mundo Deportivo.

Quatro anos depois de chegar à capital espanhola, lê-se, «poucos duvidam que Jan Oblak é o melhor guarda-redes da história do Atlético Madrid.» «É o melhor porque os números assim o demonstram», salienta a publicação.

Vamos, então, aos números.

Em 154 jogos pelos colchoneros, foi o antigo guarda-redes do Benfica ao fundo das redes em 92 ocasiões. No mesmo número de partidas, Courtois consentiu 126 golos. O esloveno manteve a baliza imaculada em 89 encontros, contra 76 do belga.

Ao cabo de 32 jornadas na presente edição da Liga espanhola, Oblak segue como o guardião com menos golos sofridos: 15.
Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais