A marcação cerrada que passou despercebida no clássico

Liga 16-04-2018 20:16
Por Redação
O clássico entre Benfica e FC Porto foi vivido com muita intensidade pelos responsáveis das duas equipas que se sentaram nos respetivos bancos de suplentes.

Pagou as favas o quarto árbitro, João Pinheiro, que teve de utilizar muita diplomacia e foi obrigado a inusitada atividade para serenar os ânimos de dois dos responsáveis de águias e dragões, nomeadamente os diretores das SAD para o futebol, tantos foram os protestos de Tiago Pinto, dos encarnados, e Luís Gonçalves, dos portistas, na sua direção.

Uma marcação cerrada `à parte` e que seguramente passou despercebida a quem não esteve no estádio.
Ler Mais
Comentários (11)

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais