OPAQ começa a investigar ataque químico em Douma

Síria 15-04-2018 13:06
Por Redação
Uma equipa de investigadores da Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ) inicia este domingo em Douma uma investigação sobre o alegado ataque químico que desencadeou os bombardeios ocidentais contra o regime de Bashar al-Assad.

«A missão de investigação chegou sábado a Damasco e deve ir hoje a Douma para começar o seu trabalho», disse o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros da Síria, Ayman Susan, à AFP.

O regime anunciou sábado a reconquista de todas as áreas rebeldes da região de Ghouta Oriental, nas proximidades da capital, após a retirada dos últimos combatentes rebeldes de Douma, onde terá acontecido o ataque químico em 7 abril. Este ataque motivou a reação de Estados Unidos, França e Reino Unido, com ataque a alvos específicos de alegado fabrico e armazenamento de armas químicas.
Ler Mais

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais