Médico do Bayern arrasa Guardiola

Alemanha 13-03-2018 13:34
Por Redação
Hans-Wilhelm Muller-Wohlfahrt, conceituado médico alemão que em 2015 abandonou o Bayern em rota de colisão com Pep Guardiola, prepara-se para lançar uma autobiografia em que faz críticas contundentes ao treinador catalão.

«Guardiola tem pouca confiança nele mesmo, vive com receio constante, não com possíveis derrotas, mas com a possibilidade de perder poder e autoridade», definiu o clínico, que está de novo ao serviço do clube de Munique, num excerto publicado pelo Bild.

«Guardiola via-me como um subordinado a quem podia recorrer a qualquer momento. Por um lado, ele interessava-se por questões médicas, por outro esperava autênticos milagres», revelou Muller-Wohlfahrt, apontando o dedo ao catalão pelo anormal número de lesões no plantel dos bávaros:

«Na primeira época com ele tivemos muito mais lesões musculares do que na bem-sucedida temporada de 2012/2013.»

Depois de vários momentos de tensão, motivados por sucessivas críticas de Guardiola ao líder do departamento médico, os dois reuniram-se para uma conversa que visava serenar os ânimos. O efeito, porém, foi o oposto.

«Perdi por completo o controlo, gritei com ele e dei um murro na mesa. Foi a primeira vez na minha carreira que gritei com alguém. Não podia aceitar que um treinador que tinha tantos anos de idade como eu de profissão não valorizasse a minha experiência», justificou.

Muller-Wohlfahrt deixaria o Bayern na sequência da derrota (1-3) com o FC Porto, no Estádio do Dragão, na primeira mão dos quartos de final da edição 2014/2015 da Liga dos Campeões.
Ler Mais
Comentários (6)

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais