Duelo de campeões Selby-Williams abre domingo o Masters

Snooker 13-01-2018 15:45
Por António Barroso
O inglês Mark Selby, tricampeão mundial (2014, 2016 e 2017), e o galês Mark Williams, de 43 anos, 12.º da hierarquia e bicampeão mundial (2000 e 2013) - um embate entre o líder do ranking há quase três anos e um bicampeão mundial - dão domingo, dia 14 do corrente mês, a partir das 13 horas (locais e em Lisboa) a tacada de saída do Masters da World Snooker, torneio da época 2017/18 do circuito profissional, que irá decorrer no Alexandra Palace, em Londres, palco da prova desde 2012, até dia 21 do corrente mês.

Cinco títulos mundiais à mesa a abrir as hostilidades no Ally Pally, numa prova não pontuável para o ranking: é reservada ao vencedor de 2016, Ronnie O’Sullivan, e aos restantes 15 melhores do ranking de 11 de dezembro último (após o UK Championship): daí o australiano Neil Robertson, que depois da vitória de Mark Williams no Open da Irlanda do Norte venceu, já em dezembro, o Open da Escócia, não constar, apesar de ser agora 15.º da tabela, mas apenas após os ganhos da vitória em Glasgow.

Além de Neil Robertson, ausência de vulto é também a do campeão do mundo de 2015, o inglês Stuart Bingham, de 41 anos, 12.º da hierarquia mas que se encontra ainda no final de uma suspensão efetiva de três meses, decretada pela World Snooker, após se ter comprovado ter apostado em jogos desta variante do bilhar.

Mark Selby já conquistou o Masters em três das anteriores 43 edições: 2008 (10-3 a Stephen Lee na final), 2010 (10-9 a Ronnie O’Sullivan na final) e 2013 (10-6 a Neil Robertson na final), e perdeu ainda mais duas outras finais para o Rocket, em 2009 (8-10) e 2014 (4-10).

Já Mark Williams conquistou o troféu por duas vezes, em 1998 (10-9 na final a Stephen Hendry) e 2003: 10-4 na final, diante novamente, do escocês, heptacampeão mundial da era moderna desta variante do bilhar, já retirado.

Curioso é que o galês, profissional desde 1992 (há 26 anos) já defrontou o inglês em 30 ocasiões ao longo das respetivas carreiras, e o equilíbrio é total: 15 vitórias para cada Mark, contabilidade muito particular a desempatar no jogo de abertura do Masters-2018, no Ally Pally londrino.

No outro duelo do primeiro dia e dos oitavos de final, o belga Luca Brecel, de 22 anos, 11.º da hierarquia, mede forças com Marco Fu (Hong Kong), de 40 anos, nono do ranking, a partir das 19 horas. Até agora, em seis embates entre ambos, larga vantagem para o mais experiente asiático: cinco vitórias, para uma do europeu.

Ronnie defende título, persegue mais recordes e tenta 13.ª final em 24 anos

Curiosidade na 44.ª edição da prova: saber se Ronnie O’Sullivan, segundo do ranking e pentacampeão mundial (2001, 2004, 2008, 2012 e 2013), após triunfos no Open de Inglaterra, Masters de Xangai e UK Championship consegue nova vitória esta época e pode tornar-se, com eventual 19.º título em torneios da Triple Crown (tem 18, 5 no Mundial, 7 Masters e 6 UK Championship) recordista neste capítulo de títulos no conjunto dos três maiores eventos.

Para já, o Rocket, segue a par do único heptacampeão mundial da era moderna, Stephen Hendry (já retirado), com 18 títulos nas três grandes provas da temporada, cada um. O escocês, acabou a carreira com 36 títulos em provas de ranking, Ronnie vai em 31, dos quais três esta época, onde já perdeu duas finais, na Champion of the Champions (8-10, para Shaun Murphy) e no Masters de Hong-Kong (3-6, para Neil Robertson).

O Rocket entra em ação dia 16, terça-feira, às 13 horas locais (mesma hora em Lisboa) diante de Marco Fu (Hong-Kong), de 40 anos, nono do ranking. E só pode defrontar Selby na final.

O torneio no Ally Pally distribui um total de 600 mil libras (674.981 euros) de prémios, das quais 200 mil libras (224.994 euros) ao futuro campeão de uma prova com transmissão televisiva em direto para Portugal (EuroSport) e na qual Ronnie O’Sullivan defende o título (10-7 a Joe Perry na final de 2017).

O Masters é um dos majors e prova da Triple Crown (Tripla Coroa), as mais importantes, a par do UK Championship e do Mundial e vai decorrer no Alexandra Palace, em Londres, de 14 a 21 do corrente mês.

O carismático torneio, no qual Ronnie O’Sullivan é recordista absoluto de triunfos - sete, em 1995, 2005, 2007, 2009, 2014, 2016 e 2017, além de outras cinco finais perdidas (1996, 1997, 2004, 2006 e 2010), num total de 12 presenças no jogo decisivo no últimos 25 anos - joga-se, até às meias-finais, à melhor de 11 frames: para ganhar é preciso vencer seis (de 6-0 a possíveis 6-5). A final é jogada à melhor de 19: o campeão terá de vencer dez (de 10-0 a possíveis 10-9).

Oitavos de final (hora local e portuguesa):

Mark Selby-Mark Williams (domingo, 13 horas)
Mark Allen-Luca Brecel (domingo, 19 horas)
Ding Junhui-Ryan Day (2.ª feira, 13 horas)
Judd Trump-Liang Wenbo (2.ª feira, 19 horas)
Ronnie O’Sullivan-Marco Fu (3.ª feira, 13 horas)
Barry Hawkins-Kyren Wilson (3.ª feira, 19 horas)
Shaun Murphy-Ali Carter (4.ª feira, 13 horas)
John Higgins-Anthony McGill (4.ª feira, 19 horas)

FINAIS E VENCEDORES DO MASTERS

ANO CAMPEÃO FINALISTA VENCIDO RESULTADO

1975 John Spencer Ray Reardon 9–8
1976 Ray Reardon Graham Miles 7–3
1977 Doug Mountjoy Ray Reardon 7–6
1978 Alex Higgins Cliff Thorburn 7–5
1979 Perrie Mans Alex Higgins 8–4
1980 Terry Griffiths Alex Higgins 9–5
1981 Alex Higgins Terry Griffiths 9–6
1982 Steve Davis Terry Griffiths 9–5
1983 Cliff Thorburn Ray Reardon 9–7
1984 Jimmy White Terry Griffiths 9–5
1985 Cliff Thorburn Doug Mountjoy 9–6
1986 Cliff Thorburn Jimmy White 9–5
1987 Dennis Taylor Alex Higgins 9–8
1988 Steve Davis Mike Hallett 9–0
1989 Stephen Hendry John Parrott 9–6
1990 Stephen Hendry John Parrott 9–4
1991 Stephen Hendry Mike Hallett 9–8
1992 Stephen Hendry John Parrott 9–4
1993 Stephen Hendry James Wattana 9–5
1994 Alan McManus Stephen Hendry 9–8
1995 Ronnie O`Sullivan John Higgins 9–3
1996 Stephen Hendry Ronnie O`Sullivan 10-5
1997 Steve Davis Ronnie O`Sullivan 10–8
1998 Mark Williams Stephen Hendry 10–9
1999 John Higgins Ken Doherty 10–8
2000 Matthew Stevens Ken Doherty 10–8
2001 Paul Hunter Fergal O`Brien 10–9
2002 Paul Hunter Mark Williams 10–9
2003 Mark Williams Stephen Hendry 10–4
2004 Paul Hunter Ronnie O`Sullivan 10–9
2005 Ronnie O`Sullivan John Higgins 10–3
2006 John Higgins Ronnie O`Sullivan 10–9
2007 Ronnie O`Sullivan Ding Junhui 10–3
2008 Mark Selby Stephen Lee 10–3
2009 Ronnie O`Sullivan Mark Selby 10–8
2010 Mark Selby Ronnie O`Sullivan 10–9
2011 Ding Junhui Marco Fu 10–4
2012 Neil Robertson Shaun Murphy 10–6
2013 Mark Selby Neil Robertson 10–6
2014 Ronnie O`Sullivan Mark Selby 10–4
2015 Shaun Murphy Neil Robertson 10–2
2016 Ronnie O`Sullivan Barry Hawkins 10–1
2017 Ronnie O`Sullivan Joe Perry 10–7
Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais