Ministro diz que «não haverá consequências» para a comunidade portuguesa

Venezuela 28-12-2017 17:12
Por Redação
O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, disse esta quinta-feira não acreditar que haja consequências para a diáspora portuguesa devido à acusação do presidente venezuelano de que Portugal sabotou a importação de pernil de porco para a Venezuela.

«Quanto a consequências sobre comunidade portuguesa residente na Venezuela, julgo que não haverá nenhumas, porque não faz sentido que haja. Os portugueses que trabalham na Venezuela e os seus descendentes são um grupo que contribui imenso para a economia e sociedade venezuelana», declarou o ministro.

Augusto Santos Silva fez estas declarações durante o lançamento, em Lisboa, do Relatório da Emigração (2016), elaborado pelo Observatório da Emigração.
Ler Mais

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais