Justin Gatlin envolvido em novo escândalo de doping

Atletismo 19-12-2017 09:43
Por Redação
De volta à ribalta depois de ter vencido Usain Bolt nos Mundiais de atletismo em agosto, o norte-americano Justin Gatlin estará de novo envolvido num escândalo de doping, que envolve a sua equipa técnica.

Uma investigação do jornal britânico The Telegraph denuncia que pessoas ligadas a Gatlin que estarão envolvidas num esquema de uso de substâncias proibidas, vendendo-as.

Usando repórteres infiltrados - a história seria um ator a precisar de ajuda para ficar em forma para um filme -, o jornal descobriu que pessoas ligadas à equipa de Gatlin ofereciam receitas médicas usando nomes falsos e faziam contrabando de substâncias ilegais para os Estados Unidos. O procedimento seria feito atravé de um médico na Áustria e teria um custo de 225 mil dólares.

O ex-treinador de Gatlin, Dennis Mitchell, e um agente, Robert Wagner, foram gravados secretamente descrevendo como era possível burlar os testes e que muita gente continua a usar - Wagner terá até admitido que Gatlin continua a usar substâncias ilegais para melhorar performances.

Na noite de segunda-feira, representantes de Gatlin anunciaram que ele estava a separar-se de Mitchell e pouco tinha trabalhado com ele.

Justin Gatlin tem histórico de doping na carreira. Testou positivo pela primeira vez aos 20 anos e alegou que anfetaminas encontradas num teste estavam presentes num medicamento usado desde a infância, recebendo apenas uma avertência. Foi campeão olímpico em 2004 e mundial em 2005, até que, no ano seguinte, foi apanhado em novo positivo e punido com oito anos de suspensão, depois reduzida para quatro anos.


Ler Mais
Comentários (8)

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais