Hospital dos Covões quer reduzir risco de AVC com intervenção sofisticada

Coimbra 13-10-2017 08:47
Por Redação
A Unidade de Intervenção Cardiovascular do Hospital dos Covões, em Coimbra, quer aumentar o número de intervenções de encerramento do apêndice auricular esquerdo como solução para baixar o risco de AVC.

«Estamos a falar de uma intervenção bastante sofisticada, que se integra na estratégica de promover a elevada diferenciação dos procedimentos e da oferta de tratamentos e diagnósticos aos doentes, e que tem sempre à frente a primazia da qualidade», informou o diretor do serviço de cardiologia do hospital, Dr. Lino Gonçalves.

O acidente vascular cerebral é um prolema de saúde pública considerado «gravíssimo», sendo a primeira causa de incapacidade prolongada dos doentes em Portugal.

Mais de 20% dos casos está relacionado diretamente com a fibrilação auricular, explicam os médicos Lino Gonçalves e Marco Costa.
Ler Mais

Destaques

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais