UGT defende subida do salário mínimo para 585 euros

País 13-09-2017 18:49
Por Redação
A UGT defende a subida do salário mínimo para 585 euros por mês, a partir do dia 1 de janeiro. A medida foi apresentada em conferência de imprensa pelo secretário-geral da central sindical, Carlos Silva.

«Há cerca de dois milhões de portugueses que estão no limiar da pobreza e há muita gente que trabalha e continua a ser pobre. O Governo tem de continuar a fazer um esforço maior em função do ritmo do crescimento económico», afirmou Carlos Silva.

A central sindical defendeu ainda o aumento médio dos salários entre 3% e 4%, assim como a reposição dos escalões do IRS no próximo ano.
Ler Mais

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais