Ministério Público investiga Medina devido a compra de imóvel

Lisboa 13-09-2017 17:14
Por Redação
O Ministério Público (MP) está a investigar a compra de um imóvel por parte de Fernando Medina, presidente da Câmara Municipal de Lisboa. A investigação surge na sequência de uma denúncia anónima recebida na Procuradoria-Geral da República (PGR).

O Observador avançou que Medina não declarou ao Tribunal Constitucional a compra do imóvel, adquirido por 645 mil euros, a 27 de setembro de 2016, tendo apenas informado do pagamento de um sinal de compra no valor de 220 mil euros.

«Entreguei uma declaração ao Tribunal Constitucional informando de uma aquisição que estava a fazer, um contrato promessa. Aliás, tive a atenção de ceder a declaração e de ir muito mais além do que é pedido, do que a lei obriga, que é explicar a forma como essa aquisição seria financiada, no meu entender isso é suficiente do ponto de vista das obrigações legais», defendeu Fernando Medina, citado pela Lusa.

De acordo com a Sábado, o imóvel pertencia a um elemento da família Teixeira Duarte, que detém uma construtora responsável pelas obras de recuperação do Miradouro de São Pedro de Alcântara, entre outras.
Ler Mais

Destaques

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais