Comportamento suspeito de iate leva Marinha a detetar 50 migrantes

País 13-08-2017 14:42
Por Redação
A Marinha Portuguesa intercetou na madrugada de sábado, ao largo da costa italiana, um iate de luxo, que tenha tinha sido roubado, com quatro traficantes russos e 50 migrantes a bordo, entre os quais um recém-nascido, adiantaram as Forças Armadas.

A interceção ocorreu no âmbito das operações do navio patrulha Tejo, da Marinha Portuguesa. Os 50 migrantes - uma mulher, 23 homens, 25 jovens do sexo masculino e um recém-nascido, com origem no Iraque e no Irão - foram intercetados ao largo de Itália, depois de os militares portugueses terem considerado existir «um comportamento suspeito».
Ler Mais

Destaques

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais