«O que está a acontecer com o VAR era expectável» - Pedro Proença

Liga 07-11-2017 12:44
Por Mário Rui Ventura
Pedro Proença, presidente da Liga, esteve presente esta manhã no Sports Trade do Web Summit 2017, onde falou das «cinco maneiras que a tecnologia está a mudar o futebol.». À margem do evento, o dirigente não fugiu à polémica do momento: o videoárbitro.

«Como todos os sistemas novos e recentes, há sempre uma margem de progressão para melhorar aquilo que é uma introdução de uma nova tecnologia. Tudo o que se está eventualmente a passar era expectável, era natural que acontecesse. A introdução do videoárbitro tem de ser elogiado por todos. Somos das cinco ligas profissionais que temos este meio tecnológico. Temos de começar a falar de coisas positivas, de uma vez por todas. Se recuássemos um ano, que discussões teríamos agora sem videoárbitro? Todos sabíamos que, quando esta tecnologia foi pensada, teríamos de passar por todas estas fases. De implementação, de reflexão sobre uma nova realidade que permite aos árbitros aferir as coisas que passam de forma diferente. É fundamental que esse tempo seja dado para que não deixemos morrer aquilo que será o futuro tecnológico da arbitragem em todo o Mundo», afirmou Pedro Proença, que remeteu para a Federação Portuguesa de Futebol a eventual divulgação dos áudios de comunicação entre árbitro e videoárbitro de forma permanente:

«A Liga é pivô de uma atividade mas quer a disciplina quer a arbitragem estão desde 2012 no seio da Federação Portuguesa de Futebol. Respeitamos a separação de poderes e é assim que vamos continuar a atuar. Essas questões têm de ser colocadas ao presidente do Conselho de Arbitragem e as questões disciplinares ao presidente do Conselho de Disciplina, com quem a Liga mantém relações positivas. A Liga estará sempre na primeira linha para ajudar a que a introdução destes novos meios tecnológicos aconteçam de forma positiva e que defenda aquilo que queremos, que é a imagem do futebol.»

Exemplo de Artur Soares Dias

Pedro Proença congratulou-se ainda com a nomeação de Artur Soares Dias para videoárbitro do próximo Campeonato do Mundo, marcado para o próximo ano, na Rússia.

«É sinal que efetivamente nós, Portugal, fizemos uma aposta certa. Apostámos no videoárbitro e fizemos bem. Gostaríamos de ter o Artur Soares Dias como árbitro principal, teremos como videoárbitro. Estamos no caminho certo e na vanguarda das novas tecnologias.»
Ler Mais
Comentários (20)

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais