Líder interino do SPD defende coligação com Merkel

Alemanha 14-02-2018 16:15
Por Redação
O presidente interino do Partido Social-Democrata (SPD), Olaf Scholz, defendeu esta quarta-feira o acordo de coligação alcançado com os conservadores liderados pela chanceler alemã Angela Merkel.

Numa intervenção em Vilshofen, Olaf Scholz, nomeado após Martin Schulz ter anunciado na terça-feira a sua saída imediata da presidência do SPD, destacou que a força política conseguiu incluir no acordo de coligação matérias fulcrais relacionadas com as áreas do trabalho, educação, tecnologia e habitação social.

«Dois terços deste acordo figuram no programa eleitoral do SPD. Este é um acordo que pode ser apoiad», assegurou Olaf Scholz, que é apontado como o possível ministro das Finanças do futuro governo de coligação da Alemanha caso os militantes sociais-democratas aprovem o pacto fechado com a União Democrata-Cristã (CDU) de Merkel e a União Social-Cristã (CSU) de Hörst Seehofer.
Ler Mais

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais