«Precária pode ganhar milhões após despedimento ilegal» - Jornal de Notícias

Revista de Imprensa 14-01-2018 10:00
Por Redação
«Tribunal condena empresa. Trabalhadora não recebe e penhora dezenas de terrenos em loteamento VIP onde Ronaldo já investiu.

O Tribunal da Relação de Lisboa (TRL) condenou a empresa Benim pelo despedimento ilícito de uma trabalhadora com vínculo precário, reconhecendo a esta o direito a uma indemnização que ascenderá já a 300 mil euros, mas poderá valer muito mais. Como a Benim-Sociedade Imobiliária não pagou a indemnização quando proferido o acórdão, a trabalhadora a "recibos verdes" arrestou dezenas de lotes de terreno da empresa, em Benavente, que poderão render-lhe milhões de euros.»
Ler Mais

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais