Seleção inicia Europeu de equipas e quer repetir história

Ténis de mesa 13-09-2017 08:56
Por Redação
«Temos as nossas hipóteses, uma boa equipa. Estamos inseridos num grupo forte mas acredito que, com as nossas armas, podemos fazer um bom Europeu. E, quem sabe, até lutar por novo resultado histórico», diz João Monteiro, o jogador mais velho da Seleção Nacional masculina (34 anos) que, a partir de hoje, procura recuperar o título de equipas de 2014, perdido em 2015 para a Áustria.

Reina confiança na equipa masculina, refere A BOLA desta quarta-feira, formada ainda pelos experientes Marcos Freitas, português mais bem cotado no ranking mundial, e Tiago Apolónia, número 2. O trio de mosqueteiros, como ficaram conhecidos nos Jogos Olímpicos de Londres 2012, será sempre a primeira escolha do selecionador Kong Guoping para as mesas da fase de grupos no Pavihão d’Coque, nos únicos jogos reservados à Seleção Nacional à partida.

Hoje, Eslovénia; amanhã, Áustria e Eslováquia. O grupo completa-se com João Geraldo, habituado aos grandes palcos, até porque também se sagrou campeão europeu em 2014, com Diogo Chen, que dá lugar ao detentor do título nacional, Diogo Carvalho.
Ler Mais
Comentários (1)

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais