«É natural querer quebrar a hegemonia do Benfica» - Sérgio Conceição

FC PORTO 12-10-17 12:21
Por Redação

Para o treinador do FC Porto, quebrar o ciclo vitorioso do Benfica no campeonato nacional é natural. Sérgio Conceição desvaloriza, assim, as declarações ao jornal italiano Gazzetta dello Sport que, garante, adulterou muitas das suas afirmações.

«Em Portugal quiseram fazer uma polémica porque disse que me tinha sido pedido para quebrar a hegemonia do Benfica. Vim para o FC Porto com a consciência de que o objetivo é ser campeão. Quebrar esse ciclo é, por isso, uma coisa natural. Qual é a polémica. Até foram perguntar ao Rui Vitória [treinador do Benfica]… qual é a polémica?», questiona em conferência de imprensa.

«Ser campeão nacional é o objetivo que qualquer um dos grandes e desde o primeiro dia que digo que quero ser campeão. E tentarmos ser campeões é quebrar o ciclo do Benfica. Ficam ofendidos? Querem que diga que vou lutar pelo segundo lugar? Dizer que a jogar assim vamos ser campeões é uma forma de motivar os jogadores», acrescenta, antes de deixar o exemplo:

«Estranho seria dizer que vamos ganhar a Champions… não quer dizer que não tenhamos esse sonho.»

Conceição disse ainda que muitas das suas declarações à Gazzetta dello Sport foram «adulteradas» por aquele jornal e que, nesse aspeto, «a imprensa portuguesa está muito acima» da italiana.

A questão inicial prendia-se com a necessidade de reforçar o plantel em janeiro: «O que disso foi que, dentro das restrições naturais que temos, se tivéssemos mais duas ou três soluções ficaríamos mais fortes.»