«Na minha cara ninguém pode dizer que ultrapassei limites!» - Rui Vitória

Benfica 12-01-2018 16:27
Por Redação
Em antevisão à partida diante do SC Braga, para a 18.ª jornada da Liga, Rui Vitória não deixou passar em claro as palavras de Sérgio Conceição, técnico do FC Porto que no último domingo comparou o treinador encarnado a um «boneco comandado».

«Quero que isto fique bem claro. Este episódio não começou aqui nem começou da minha parte mas vai terminar já aqui e hoje. Tenho visto nos últimos dias pedidos de respeito entre treinadores, mas eu faltei ao respeito a alguém? Não aceito que me digam isso e estou a falar para as instituições que, de forma leviana, metem tudo no mesmo patamar. Se há coisa que tenho feito é não ultrapassar determinados limites. O treinador do FC Porto disse o que disse e ele que assuma as suas responsabilidades, se há coisa que prezo é ser uma pessoa perfeitamente normal. Fiz um percurso desde as segundas divisões até cá acima, agarrando as oportunidades e deixando amigos em todos os clubes.

- É assim que vou continuar a ser, falo quando quero, da forma que quero, sei o clube que represento e as responsabilidades que tenho. Da minha parte houve sempre respeito, uma coisa é ter divergências de opinião sobre um jogo, outra coisa é achar-se que se pode ganhar de outras formas e que vale tudo. Da minha parte não vale tudo, posso ganhar, posso perder, já subi o tom de voz e já baixei mas ninguém me diz na cara que ultrapassei limites. O alvo desta campanha não é o treinador do Benfica, é o clube e os benfiquistas, felizmente, já entenderam isso.»
Ler Mais
Comentários (111)

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais